16 abr 2015

5 vantagens e desvantagens de viver em outro país [VEDA 16]

MORAR FORA > GUIA PARA MORAR NO EXTERIOR > Como é morar fora > Vídeos

O vídeo de hoje é polêmico porque ele vai falar pra 2 públicos diferentes: o que está empolgado ou se viu obrigado a morar fora e portanto não quer escutar nada que o frustre e o que já se mudou, encontrou um monte de dificuldades e  vai achar que as vantagens que menciono são tudo conversa pra boi dormir. Eu já sei de tudo isso.

Ainda assim, eu decidi fazer esse vídeo porque é bem frequente o número de pessoas que me pergunta como foi o meu processo de mudança e de adaptação, então eu acho importante falar que não é só flores mas que também pode ser bem florido.

VIDEO

Como eu disse no vídeo, você pode ter outra visão. Pode achar que só falei besteira mas é preciso reforçar que cada um tem uma visão do que é importante pra si e cada um só pode falar com propriedade do que viveu e é por isso que eu só posso falar do que aconteceu comigo.

Não me arrependo nadica de morar fora e nem sei se um dia eu faria planos para voltar para o Brasil, assim como também não posso dizer que envelheceria no Chile. Tudo na vida muda, simplesmente não dá pra garantir nada. Mas é muito mais feliz em outro país quem chega com os dois pés no chão porque só assim vai conseguir em um futuro breve, enxergar vantagens aonde um dia foi desvantagem.

Se quiser mais dicas da experiência de morar fora e especialmente para morar no Chile, clique aqui.

[disclaim] Desculpe mas não tenho condições de dar dicas específicas para cada um que deseja morar ou trabalhar aqui em diferentes áreas. Recomendo que procurem um profissional especializado em assessoria para estrangeiros. Perguntas sobre áreas específicas de trabalho e moradia, ou que vão além do objetivo do blog que é informar e não assessorar, não serão aprovadas. Obrigada pela compreensão! [/disclaim]

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
8 comentários em "5 vantagens e desvantagens de viver em outro país [VEDA 16]"
  1. Olivhug   19/04/15 • 06h08

    Comecei a seguir o seu blog a partir do momento em que soube que o Chile poderá ser o meu próximo destino. Sou português e vivo em Paris, depois de Madrid e identifico muitos pontos em comum neste vídeo com a minha experiência pessoal. Continue com este excelente trabalho!

    • fernanda   20/04/15 • 10h10

      Muito obrigada! Espero que goste das dicas do blog. Bjs

  2. Rafaella Miranda   21/04/15 • 16h15

    Olá Fernanda,
    Sou seguidora do teu Blog antes mesmo de vir morar em Santiago, estou aqui com meu marido e minha filha fazem 8 meses…
    Entao, eu ainda acho isso do choque cultural muito relativo e que depende de cada pessoa, de cada situacao! Eu, por exemplo, vim morar no Chile depois de 8 anos morando na Argentina, depois de haver morado 1 ano na Inglaterra e 1 ano nos Estados Unidos (Sim! Somos uma familia Internacional! rs)… E o baque mesmo eu senti aqui no Chile! Pode acreditar? Está me custando muito fazer amizades, é um povo fechado e de uma sociedade extremamente “classista”!
    Capaz algumas pessoas se identifiquem comido e sintam a mesma coisa, outros todo contrário… mas queria deixar aqui minha opiniao!

    Sucesso com teu Blog que é super divertido e informativo!

    Beijos

    • fernanda   23/04/15 • 10h18

      Oi Rafaella, tudo bem? UAU, que experiência maravilhosa a da sua família. Imagino que tenha as desvantagens também mas é algo único mesmo. Essa coisa de choque cultural é relativa mesmo. Chile tem realmente uma sociedade classista mas ainda assim eu tenho muitos amigos chilenos. Claro que alguns núcleos são inacessíveis mas eu também não teria acesso a eles no Brasil rsrs. Mas eu entendo o que você quer dizer porque essa característica se reflete em várias coisas mas ainda assim, não tive problemas com isso. Também tenho amigos brasileiros que fiz aqui. Um beijo e obrigada por acompanhar o blog.

  3. Fernanda   22/04/15 • 15h35

    Achei o video ótimo. Bem realista.

    • fernanda   23/04/15 • 10h21

      Obrigada, Fernanda. Lindo nome rsrs.

  4. Renata Ragazini   14/11/16 • 14h48

    Fernanda, estou morando em Santiago há 6 meses! Concordo com todos os pontos citados no seu vídeo.
    Comecei acompanhar seu blog desde que me mudei e ele me ajuda com várias coisas do dia a dia por aqui.
    O primeiro vídeo que assisti foi sobre você falando dos terremotos.
    Isso me apavorava, mas seu vídeo me tranquilizou de uma forma inexplicável!
    Obrigada por compartilhar sua experiência!
    Bjs

    • Fê La Salye   13/12/16 • 10h39

      Renata, que legal saber disso. Obrigada por comentar e muita felicidade nesta nova fase. Bjs

Anterior
Próximo
Voltar para a home