18 ago 2015

Como comprar remédios nas farmácias do Chile

VIAGEM > CHILE > Santiago > COMPRAS

Nós nunca esperamos ficar doentes em uma viagem mas pode acontecer. Às vezes provamos um sabor novo que pode não “cair bem”, ou sentimos enjoos ou dores de cabeça com as mudanças de altitude ou simplesmente nos resfriamos com as mudanças bruscas de temperatura.

Sempre recomendo que levem seus remédios habituais em viagens e até algumas coisinhas pra emergências. Mas o que fazer quando esquecemos de levar? Saber o que comprar nas farmácias é muito importante mas em outro país fica mais complicado porque os nomes mudam e nem sempre dominamos o idioma para pedir alguma coisa.

Eu não sou médica, portanto não saberei e nem posso indicar remédios mas eu vou dizer como vocês podem pedir determinados medicamentos nas farmácias para o caso de precisarem.

A primeira coisa a saber é que um Kit de Primeiros Socorros se chama Botiquín de Primeros Auxílios. Se você vier com crianças ou de repente se resfriou no início da viagem ou algo assim, talvez valha a pena comprar um porque nele já vem Band-Aid, soro e várias outras coisinhas.

Mas se você prefere comprar as coisas de forma isoladas, apenas para uma necessidade específica, aqui vai uma listinha com seus significados.

Como pedir os Remédios na farmácia

Peça sempre pela forma como ele é conhecido pelos farmacêuticos e não pela marca que você está acostumado a tomar porque ela pode não ser vendida ou conhecida aqui. Alguns exemplos:

  • Analgésicos, ao invés de pedir Doril, por exemplo;
  • Antitérmico, ao invés de pedir Dipirona, por exemplo;
  • Antiinflamatórios
  • Antiácidos
  • Antidiarreico
  • Antialergicos
  • E por aí vai…

Ou seja, nunca peça a marca, peça pela classificação do remédio ou fórmula e deixe que o farmacêutico apresente as opções que possui. Será mais fácil assim. Outra maneira de pedir, seria assim:

  • Necesito algo para el resfrio – Preciso de algum remédio para gripe ou resfriado.
  • Necesito algo que me quite la tos – Preciso de um remédio para tosse.
  • Me duele la cabeza, qué me recomendas? – Estou com dor de cabeça, o que você recomenda?
  • Que hay para fiebre? – O que eu posso tomar para febre?
  • Me duele la guata, qué puedo tomar? – Tenho dor de barriga, o que eu posso tomar?
  • Estoy mareado, qué me recomendas? – Estou enjoado, o que você me recomenda tomar?
  • Me duele la garganta – Estou com dor de garganta

Fazer essas perguntas exige um pouquinho de espanhol. Se não quiser se arriscar, use a primeira opção que é mais rápida e sem segredos ou copie a frase em um papel e entregue ao farmacêutico. Eles estão acostumados a atender muitos turistas dessa forma. Turista se vira como pode hahaha.

Outras coisas que você pode precisar 

  • Parche – Band-Aid, que aqui tem de várias marcas e modelos;
  • Jarabe  – Xarope
  • Algodón – Algodão
  • Bastones de Algodón – Cotonotes
  • Pomadas – (se fala igual)
  • Água Oxigenada – (se fala igual)
  • Termómetro – (a única diferença é que leva acento agudo e não circunflexo)
  • Suero – Soro Fisiológico
  • Cinta Micropore – Fita Micropore
  • Gasa – Gase
  • Cinta Adhesiva – Esparadrapo

Bem, acho que com essa lista já dá pra se virar bem. Se ficou faltando alguma coisa relacionada a remédios ou primeiros socorros, me avise. Mas por favor, não pergunte por marcas e nem por remédios com receitas pois eu não vou me comprometer com isso. Sou blogueira e não médica, preciso ser responsável nas informações que entrego.

Outra dica importante: toda farmácia aqui trabalha com o sistema de senhas então, assim que você entrar, já pegue a sua senha para ser atendido. A senha vale para qualquer coisa que você comprar nas farmácias, desde medicamentos a produtos de beleza. É com ela que você será chamado para pagar no caixa e é ela que garante que o farmacêutico vai te atender para coisas mais específicas. Eu acho ótimo porque o atendimento é organizado.

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
6 comentários em "Como comprar remédios nas farmácias do Chile"
  1. Rebecca   22/08/15 • 17h33

    Fe, por causa do seu blog, levei todos os medicamentos do Brasil. Mas qnd fui visitar o Museo de Los Derechos Humanos, tive que comprar um remédio de dor de cabeça pq estava quase morrendo lá. Fora o estresse de andar vários quarteirões num sol quente e com dor de cabeça, fui super bem atendida. Falei “dolor de cabeça” e a atendente me deu um remédio e água. Depois de uns 40 min, eu já estava bem!

    • Fê La Salye   22/08/15 • 18h02

      Que bom, Rebecca! Que bom que deu tudo certo. Beijos!

  2. jorge paulo gouveia santos   07/12/15 • 16h22

    meu nome é jorge paulo moro na bahia e tenho uma filha de 12 anos com esguisofrenia comprovada e gostaria de saber se por este sait é possivel comprar o medicamento canabidiol

    • Fê La Salye   11/12/15 • 14h59

      Jorge, sua pergunta foi muito específica. Infelizmente não sei te responder mas é provável que você não possa comprá-lo mesmo que ele exista aqui porque remédios com receita controlada só podem ser comprados dentro do seu próprio país.

  3. Patricia   11/01/16 • 18h12

    Olá, vou ficar bastante tempo no Chile e gostaria de saber se o remédio que eu tomo tem nas farmácias daí e o valor (vai que aí eh mais barato)
    Porém não encontrei nenhum farmacia online como se tem no Brasil, eh normal isso? Em santiago as pessoas não compram remédio pela intente?

    • Fê La Salye   12/01/16 • 07h29

      Não, não compram pela internet e para conseguir comprar o seu remédio aqui você vai ter que ter uma receita emitida por um médico daqui pois não se compra remédio controlado com receitas emitidas fora do Chile.

Anterior
Próximo
Voltar para a home