30 jun 2016

Porque decidi ir para o Chile + Reação da Família

MORAR FORA > DICAS PARA MORAR NO CHILE > Minha Vida no Chile > MORAR FORA > GUIA PARA MORAR NO EXTERIOR > Organizar a Mudança > Vídeos

Este é o 2° episódio da série #FêNoChile onde estou contando porque vim morar aqui e cada processo dessa decisão.

No episódio anterior eu contei justamente como surgiu essa oportunidade e hoje vou contar o que fez com que eu decidisse passar 6, dos 12 meses que o meu marido tinha no contrato para estar no país. Também vou contar como foi que a minha família reagiu a essa notícia, algo que preocupa muita gente que pensa em morar em outro país.

Como viram, existia uma estrutura segura para tomar essa decisão, algo que eu sempre aconselho vocês. Infelizmente existe muita gente iludida sobre morar forar, que toma essa decisão sem pesquisar a fundo, sem reservas financeiras, sem emprego e sem várias coisas que vão garantir que essa experiência seja boa. Morar fora precisa ser algo que vai te deixar melhor que a sua condição atual.

Sobre a questão familiar, é muito importante não apenas decidir o que fazer independente do que a a família pensa a respeito mas saber como você lida com distâncias. Pra muita gente o principal motivo de voltar ou de não gostar da experiência é não suportar esse fator.

Aqui no blog e no canal eu dou muitas dicas para quem deseja morar em outro país, inclusive conto 8 coisas pra pensar antes de tomar essa decisão, e no menu Chile/Quero Morar no Chile vão encontrar o que precisam para planejar a mudança e no post FAQ Chile tem muita informação também.

Continuem acompanhando a série pois muito do que eu vivi pode ajudar vocês.

 

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
Anterior
Próximo
Voltar para a home