07 jul 2016

Como fazer a Mala pra Mudar de País (Qualquer País)

VIAGEM > TRAVEL TIPS > Mala Ideal > MORAR FORA > GUIA PARA MORAR NO EXTERIOR > Organizar a Mudança > Vídeos

Já vamos para o 3° episódio da série #FêNoChile onde estou contando todo o meu processo de mudança de país e dando dicas para quem quer morar no exterior.

Hoje vou falar sobre algo que muita gente está esperando: Como fazer a mala pra mudar de país. Nem vou ficar escrevendo muito porque o vídeo tem tudo o que você precisa saber. Vamos lá!

Parece coisa de outro mundo mas tenho certeza que se você seguir as dicas que eu dei e se priorizar as necessidades reais ao invés dos desejos pessoais, vai levar uma mala realmente funcional. Priorize as peças que tenham mais a ver com o estilo de vida do local que você vai morar do que com o seu estilo de vida atual. De nada adianta levar um monte de coisa que você gosta se naquela lugar elas não possuem utilidade ou frequência de uso.

Não falei de quantidade de peças porque isso é algo que você tem que ser capaz de decidir sozinho, o mais importante é pensar em peças versáteis e em não pagar excesso de bagagem.

Morar fora é um exercício diário de desapego. Se achou que a mala é o mais difícil, se prepare. Morar fora é desapegar-se do seu povo, da sua língua, dos seus costumes de toda uma vida, da sua forma de reagir em cada situação, dos seus gestos que em outra cultura podem ter uma conotação negativa… A lista é enorme. A mala é a primeira e importantíssima oportunidade de ir se acostumando a isso.

Links que podem te ajudar:

Não perca o próximo episódio!

Fê La Salye
Comente Aqui!
Comentários
2 comentários em "Como fazer a Mala pra Mudar de País (Qualquer País)"
  1. Taiane   11/07/16 • 20h30

    Tava precisando ouvir essas palavras, desesperada aqui eu já estava, arrumando as malas e pensando ”meu Deus, cm se muda com uma mala apenas de 23kg? Isso é impossível” hahahaha Adorei as dicas, vou tentar seguir ao max principalmente p n pagar excesso de bagagem, apesar de estarmos em situações bem diferentes de por exemplo, estou indo fazer intercambio, volto em janeiro, mas o calendário já está lotado, cheio de eventos, passeios, festas já programados pela universidade, entre outros. Muito obrigada Fe mais uma vez pelas dicas, viajo semana que vem e vou seguir ao maximo meeesmo :)

    • Fê La Salye   18/07/16 • 18h21

      De nada! Acredite, é possível. É BEM possível. Boa sorte e obrigada por acompanhar o blog!

Anterior
Próximo
Voltar para a home