07/10/2015
6
Dicas para Blogueiros, Dicas para Empreendedores, Organização

Meu aplicativo favorito de organização

Haz clic aquí para leer en Español. | To read in English, click here.

multiplatformAssim como vocês eu tenho uma rotina bem puxada. Além do blog – criar/editar posts, criar/editar vídeos, conteúdo diário inclusive nas redes sociais, responder emails comentários, resolver questões administrativas e etc – eu também tenho muitos compromissos na empresa que trabalho, fora cuidar da casa e tudo o que abrange minha vida pessoal.

Organização para mim é essencial porque sem ela é impossível dar conta de tudo. Eu sou adepta de algumas práticas de organização que aos poucos vou compartilhando com vocês mas hoje vou falar sobre um aplicativo que uso há algum tempo e que também ajudou demais a facilitar a minha vida.

13729_10153469928085148_6988028464854833067_nO OneNote é um aplicativo da Microsoft que tem como objetivo colocar tudo da sua vida no lugar. O que eu mais gosto nele é que ele funciona exatamente como o meu cérebro que é neurótico por organização, ou seja, com pastas separadas por assuntos e que em cada uma você pode colocar suas anotações em formato de listas e pode até acrescentar fotos. Para os neuróticos e visuais como eu, nada melhor hahaha.

11001753_10153101530550148_4469022471830911286_nOutra coisa fenomenal é que além de gratuito, ele funciona em todos os formatos: iOS, Android, Tablet, Notebook, Computador, te envia notificações daquelas coisas que você colocou prazos para terminar e você pode até compartilhar tarefas, o que é muito bom para aquelas atividades que você faz em conjunto. Pode ser uma ótima ferramenta até para equipes de trabalho e pequenas empresas. É uma mistura da inteligência do Excel com a personalidade que colocamos em uma agenda pessoal.

Para mim foi a salvação pois divido minhas atividades em pastinhas como Posts, Vídeos, Reuniões, Casa, Leituras, Compromissos Pessoais e até as minhas viagens, tudo com prazos, informações detalhadas e até fotos em alguns casos.

1597648_10152896529650148_7548113660670400303_oApesar de amar escrever à mão, são poucas as coisas que eu anoto que realmente me ajudam a me organizar pois não me dão uma visão macro. Como trabalho com conteúdo e tecnologia eu passo boa parte do meu dia com o celular na mão ou com muitos recursos tecnológicos então para a minha realidade ter tudo em um aplicativo tão amplo, foi uma santa ajuda. Já usei outros mas para minha realidade, esse funcionou bem mais.

Fica a dica para quem precisa de uma dose maior de organização no dia a dia. Para mais dicas, acesse o site do aplicativo.

*Imagens: Divulgação

 

28/09/2015
2
Dicas para Empreendedores

Educação Financeira: Dê ao seu filho a chance de ser rico

Haz clic aquí para leer en Español. | To read in English, click here.

Uma das coisas que eu amo no meu trabalho, tanto com o blog e principalmente como publicitária e jornalista, é a oportunidade diária que tenho de ouvir histórias. Esta semana eu tinha que produzir uma matéria sobre educação financeira para um dos sites que eu escrevo e gerencio conteúdos e tive o grande prazer de conhecer uma família que conseguiu fazer com que seu filho começasse um planejamento financeiro aos 5 anos de idade. É isso mesmo que você leu.

Fiquei tão impressionada com a história que pedi autorização para publicá-la aqui no blog, na coluna Sucesso Digital. Prometi aos envolvidos que manteria seus nomes em sigilo já que preferiram não se identificar. Vou chamá-los de Flávio, Mariana e Gabriel. Flávio tem 40 anos, é brasileiro, mora em São Paulo e é administrador de empresas. É casado com Mariana que tem 39 anos e é professora. Gabriel é o filho dos dois e atualmente está com 7 anos.

Flávio e Mariana sempre sonharam em ser pais. Quando planejaram a gravidez abriram uma conta para depositar mensalmente um valor destinado ao futuro do filho que ainda nem tinha sido concebido. Os dois vêm de famílias humildes, sendo os únicos na casa com formação universitária. Eles contam que nunca tiveram uma educação financeira. Nunca foram ensinados a lidar com dinheiro até que começaram a trabalhar e afirmam que se tivessem tido uma noção sobre o assunto, ainda que mínima, teriam evitado alguns imprevistos quando jovens e poderiam estar em uma condição melhor do que estão hoje.

Foi por isso que decidiram que com o pequeno Gabriel seria tudo diferente. Quando ele completou 5 anos eles decidiram que dariam a ele 10 reais por mês e com isso ensinariam fundamentos básicos de educação financeira. Agora o Gabriel está com 7 anos e já faz coisas que muitos adultos ainda não fazem. Olha só:

shutterstock_101209453(Imagem meramente ilustrativa)

1. Planejamento Financeiro

Flávio e Mariana contam que a ideia de dar uma pequena mesada ao Gabriel nunca foi para que ele pudesse comprar mas sim para que aprendesse que tudo têm um valor e que dinheiro foi feito para render duas coisas: ou mais dinheiro ou mais dor de cabeça, depende de você o rendimento que ele terá. Faz sentido, certo?

Para que o Gabriel tivesse essa noção, o Flávio comprou um caderno e o chamou de “Ficando rico com meus Papais”. Neste caderno o Gabriel foi ensinado a anotar todos os gastos que ele tem, ou seja, se ele compra um doce, um pacotinho de figurinhas ou qualquer outra coisa comum a uma criança, ele precisa anotar. Ao final do mês o Flávio revisa o caderno e se tem a mesma quantidade de anotações ou mais, Gabriel ganha 1 real a mais no próximo mês e se o Gabriel esquece de anotar, o pai desconta 1 real da sua mesada que é destinado para os gastos da casa.

“No começo a gente achava que ele ía achar isso tudo muito chato mas fizemos de uma maneira divertida. O caderno é colorido, desses personagens da Disney que criança adora e sempre tratamos o planejamento financeiro como uma brincadeira, como um jogo aonde ele pode ganhar ou perder e com essa linguagem lúdica ele vem registrando seus gastos e ganhos há 2 anos e adora a brincadeira. E é interessante ele perceber com o que gasta mais. Esses dias ele disse que precisa comprar menos doces para conseguir comprar mais carrinhos, ou seja, ele tem aprendido a gerenciar o dinheiro.”

 2. Prioridades e Fundo de Emergência

São poucas as pessoas que esperam pagar as prioridades para só depois fazer gastos e o número é ainda mais reduzido quando se trata de ter um fundo para situações de emergência. O Gabriel já faz isso desde os 5 anos de idade.

“A cada início de mês, no dia do nosso pagamento, a gente se reune na sala para o ‘jogo da riqueza’. É nesse momento, em forma de brincadeira, que revisamos o caderninho do Gabriel e que comemoramos e agradecemos a chegada do novo salário. Entregamos os 10 reais dele e mostramos que também temos 10 reais para que ele veja que assim como ele, nós também estamos ‘jogando’, conta Mariana.

“E aí estabelecemos as regras do jogo, ou seja, como vão funcionar os gastos do mês. Desses 10 reais, o Gabriel já sabe que 1 real ele deve nos entregar para os Gastos de Emergência, afinal, nosso filho já sabe que a professora pode pedir para comprar um livro que a gente não tinha planejado ou a escola pode planejar uma excursão de repente. Assim é mais garantido que ele participe de tudo porque guardou dinheiro para isso. Ele também precisa tirar mais 1 real para as despesas da casa. Nosso filho já sabe que a energia elétrica tem um custo, a água, a casa que a gente mora e que todo mundo precisa ajudar para que tudo funcione. Ele já sabe que dos 10 reais que ganha, 2 reais já tem destino certo e isso não é um problema para ele, conclui Flávio.

 3. Planejar Sonhos

Todo grande sonho tem um custo e devemos nos preparar para cada uma dessas conquistas. Para o Gabriel, contribuir para as suas pequenas conquistas tem sido fundamental para a sua autoestima.

“Nós nunca falamos para o Gabriel que era o Papai Noel que trazia os presentes no final do ano. Nada contra quem o faça mas nós escolhemos outro caminho para ele. Até os 5 anos a gente simplesmente dava os presentes mas quando vimos que ele já era capaz de entender como as coisas funcionavam, simplesmente explicamos que todo mundo trabalha para conquistar o que quer e que ele poderia ajudar o papai e a mamãe a conseguir o presente dele. Fizemos isso através de incentivos como o fato de ganhar 1 real a mais com boas notas na escola ou quando ajuda a mamãe em casa ou simplesmente com o fundo reserva que ele mesmo alimenta. Pode ser menos lúdico para muita gente, mas a vida também é. E o Gabriel não é menos feliz ou menos criança por isso, pelo contrário. Ele fica muito feliz quando vê que ajudou os papais na compra do presente que ele tanto quis e em janeiro ele define o presente que ele vai se esforçar para ganhar em dezembro. A vida é assim e o nosso Gabriel já sabe disso.”

 4. Ser mais consciente

“O poder de absorção de uma criança é incrível e os pais precisam aproveitar isso. O cérebro de uma criança é uma esponja que absorve tudo o que entregamos para ela e melhor: faz isso sem cansaço, sem preconceito. Esse ‘jogo da riqueza’ que criamos para ele fez dele uma criança feliz com suas conquistas mas muito consciente do valor das coisas e muito generoso também. Às vezes eu vejo que ele anotou no caderninho que emprestou dinheiro a um amiguinho que queria um lanche da escola ou perguntando aos avós ou até mesmo para nós se querem que ele empreste dinheiro. Quando ele vai ao mercado com a gente, se algo passa de 10 reais ele fala ‘que caro, mamãe’, ou seja, ele já sabe que tudo que ultrapassa a renda que ele tem, é caro para ele. Esse aprendizado ainda tão pequeno, não tem preço!”

A mesada prejudicou o orçamento de vocês? Pensam em aumentar o valor com o passar dos anos?

“Todo pai sabe que esses pequenos gastos com as crianças já existem. A criança sempre pede dinheiro para alguma coisa, principalmente quando passa a ir para a escola. O que fizemos foi entregar nas mãos dele uma pequena parte do que já estava destinado para gastar com ele, para fazer disso um aprendizado que o acompanhará pelo resto da vida. É claro que com o passar dos anos as necessidades dele vão aumentar mas até lá ele já vai ter aprendido a gerenciar o dinheiro, independente da quantia e que para essa quantia aumentar, ele precisa ‘trabalhar’ para isso”. No fundo nós fizemos isso por achar injusto esperar que nosso filho seja um adulto bem sucedido apenas confiando no salário que a profissão dele vai proporcionar. Se nós não ensinarmos como se usa e se perde dinheiro, seu primeiro salário será mal utilizado e ele já vai começar a vida adulta com grandes chances de não ser rico. Aliás, ser rico é possível, ainda que você venha da classe pobre ou média, como preferir chamar. Se falar sobre sexualidade com crianças não pode ser um tabu, a educação financeira também não pode ser,” diz Flávio.

02(Imagem meramente ilustrativa)

Gente, fala sério se essa família não é incrível?! Que ideia genial! Se essa família morasse no Chile seríamos melhores amigos porque o Narciso é economista e sempre conversamos sobre essas coisas. Nós sempre pensamos em educar nossos filhos dessa forma mas como ainda não somos pais, não sabíamos se seria algo muito precoce para uma criança. Ver que isso funciona e sendo contado por pais foi libertador para nós e principalmente ver a alegria do Gabriel. Ele me disse que esse mês, quando fizeram as “regras do jogo para outubro” ele ficou muito feliz pois parte do dinheiro dele será usado para pagar a luz, que ele já sabe que ficou mais cara esse ano no Brasil. Eu fiquei 50 tons de nude hahaha.

Trouxe essa história para o blog, em uma coluna que fala sobre produtividade em geral e empreendedorismo, justamente porque é um exemplo claro de que somos o conhecimento que adquirimos. Nossa empresa, nosso trabalho, nossos estudos, nossa VIDA pode ser melhor quando tivermos total consciência financeira. Não podemos escolher se o berço que vamos nascer será de ouro mas podemos multiplicar os recursos que temos e proporcionar berços ainda melhores através do nosso legado.

 

 

07/09/2015
4
Dicas para Empreendedores

Dicas para aumentar a produtividade (e a qualidade de vida) de quem quer trabalhar em casa

Haz clic aquí para leer en Español. | To read in English, click here.

Estava muito ansiosa para inaugurar a coluna Sucesso Digital no blog. Acho que muitos já sabem mas se você chegou ao meu blog agora (bem vindo!), eu sou publicitária, redatora, tenho alguns cursos de jornalismo e atuo com marketing digital há alguns anos. Sempre quis falar um pouco sobre isso por aqui mas não sabia como seria a receptividade de vocês e para a minha surpresa, muita gente adorou a ideia. Você que não é lá muito chegado ao assunto, fique calmo! Isso aqui não vai ser uma universidade, é apenas uma coluna postada 1x por semana (toda terça-feira), com dicas para melhorar a sua produtividade no trabalho, nos estudos, para melhorar o marketing digital do seu negócio ou página na internet e até mesmo do seu blog, se você tiver um. Será uma troca de aprendizados.

Como bastante gente me pergunta como faço para conciliar meu trabalho na empresa e meu trabalho com o blog em casa, resolvi começar essa coluna dando algumas dicas para aumentar a produtividade e a qualidade de vida de quem quer ou já trabalha em casa.

home office produtividade

1. Não confunda trabalhar em casa com não ter disciplina

Muita gente decide trabalhar em casa motivada pelo desejo de sair de um ambiente de trabalho pesado, com chefes ou sob pressão. Só que na vontade de se libertar de tudo isso, elas esquecem de levar para casa as coisas boas que o fato de trabalhar em uma empresa nos ensinam, como ter disciplina, por exemplo. Em uma empresa você tem horários, metas, prazos, uma agenda. 50% do rendimento do seu trabalho se deve a isso e se essa disciplina não for para o home office, não vai dar certo.

2. Trabalhar em casa nem sempre é sinônimo de qualidade de vida, mas deveria ser

Trabalhar em casa pode tirar você daquelas várias horas no trânsito, da obrigação de levantar muito mais cedo para chegar a tempo, entre outras coisas. Porém, trabalhar em casa pode ser sinônimo de não ter hora para levantar, de ir dormir muito mais tarde porque acordou tarde, de não ter final de semana porque afinal, qualquer probleminha você já está “na empresa”, de não ter hora para comer ou comer sempre na frente do computador. Se você não tiver uma agenda, horários e dias bem definidos, em 1 mês de home office você estará muito mais cansado e bem menos produtivo do que se estivesse sob o “cabresto” de uma empresa.

3. Não comece o dia sem um planejamento

Sabe aquela dica que eu sempre dou sobre a importância de planejar a viagem? Ela se aplica perfeitamente aqui. Há uma frase que diz que quando você não sabe para onde vai, qualquer caminho serve. Quando você não sabe o que pode encontrar no destino escolhido para a sua viagem – tanto de bom, como de ruim – você corre o risco de não conhecer nem metade do que poderia, de empregar mal o seu dinheiro e de se frustrar em alguns aspectos. Acho que já deu para entender que se você não começar o seu dia de trabalho em casa, sabendo exatamente o que precisa ser feito em cada horário, você não chegará a lugar nenhum, né?

É claro que você pode ser flexível mas que a flexibilidade seja a exceção e não a regra. Eu costumo planejar a minha semana de trabalho. Este post que você lê agora foi colocado há 1 mês atrás no meu planejamento editorial de setembro (ou seja, em agosto eu defini todos os temas e vídeos do blog para setembro) e foi agendado para hoje, há uma semana atrás. Significa que enquanto você lê este post, eu já estou trabalhando no conteúdo da próxima semana e se algum imprevisto acontecer, o blog sobreviverá porque eu me planejei. Adote um planejamento que te ajude a cumprir metas.

4. Estipule um horário para checar as redes sociais e os emails

E a menos que você seja muito disciplinado, não faça isso no primeiro horário do dia. Trabalhar em casa é driblar a distração o tempo todo. Se a primeira hora do seu dia for dedicada as coisas “urgentes” da internet, ainda que elas envolvam emails de trabalho, você corre o risco de perder pelo menos duas horas nisso. Se você tem controle sobre o seu tempo na internet, olhar no primeiro horário do dia não fará diferença mas é difícil quem tenha esse controle.

5. Crie um espaço para trabalhar

Se você mora sozinho, isso fica mais fácil mas se mora com a família ou divide a casa com outras pessoas, vai precisar encontrar um lugar para chamar de escritório. Eu recomendo que você não use o seu quarto para isso porque além de não favorecer a produtividade, pode até causar depressão, já que você vai passar 24 horas, 7 dias por semana, 30 dias no mês, 12 meses no ano, dentro do quarto. Não importa se vai ser uma mesa num cantinho minúsculo, mas que sua mente e a das outras pessoas, entendam que ali é o seu local de trabalho.

home office decor6. Família é Família e Trabalho é Trabalho

Talvez esse seja o ponto mais difícil de administrar. Está pensando em passar a trabalhar em casa depois que o bebê nascer? Quer acompanhar de perto o crescimento dos seus filhos? Quer ficar perto dos seus pais, já idosos, enquanto trabalha? Todos estes motivos são muito louváveis mas correm um sério risco de não andarem de mãos dadas com o seu trabalho. Se para trabalhar com produtividade da sua casa você precisa cumprir uma agenda, quem estará em casa nesse horário precisa ter alguma atividade que não te envolva ou o mínimo de compreensão para não prejudicar o seu rendimento.

Ainda não tenho filhos e reconheço ter mania de organização, então não tenho problemas neste aspecto; mas meus amigos e amigas que são pais só conseguiram o sonhado sucesso empresarial home office, quando entenderam que não dá para limpar a casa e tocar a empresa, ou olhar as crianças e fazer uma conference. Algum tipo de ajuda externa você vai precisar ou as contas não fecharão no final do mês. E se fecharem, talvez com o passar dos meses você esteja gastando com remédios ou terapias para diminuir o stress, o que não deveria acontecer já que a ideia de trabalhar em casa era melhorar sua qualidade de vida, né?

7. Mas não esqueça que família continua sendo família

Se você não misturar as coisas, a sua família também não misturará, você terá deles um apoio incondicional e continuarão tendo momentos especiais juntos. Não abandone as férias, o jantar no final do dia, a saída com os filhos e aquele total desprendimento do trabalho aos finais de semana, que só quem passou 5 dias dentro de uma empresa, faz como ninguém. Coloque limites mas não um fim nos seus relacionamentos.

8. Veja a cara da rua durante o dia

As pessoas saem para almoçar depois de uma manhã de trabalho, não apenas porque têm fome, mas porque ver o movimento, receber a luz do sol, conversar e saber o que acontece do outro lado das paredes, dá uma boa quebra no dia, renova as ideias, traz inspiração, descansa a mente e dá um novo ânimo para trabalhar durante a tarde. Se você passar o dia dentro de casa trabalhando, sua casa será um casulo e não uma empresa . Sua criatividade e produtividade vão acabar e acredite em mim: você vai ficar cansado dessa vida. Aproveite para incluir no seu dia aquelas atividades que antes você dizia não fazer porque não tinha tempo ou porque ficava preso no trânsito. Vá a academia antes do dia começar ou no final dele. Não quer entrar na rotina do home office? Trabalhe de algum café durante um dia da semana. Isso vai te ajudar inclusive a não ter aquela sensação de desgosto quando chega o final de semana, quando todos na sua casa querem descansar e tudo o que você quer é sair. Crie oportunidades para sair na semana e aumentar a sua produtividade e motivação.

9. Invista em ferramentas de qualidade e no seu desenvolvimento

Home office diminui os custos mas pode ser uma ruína se você cair na cilada de usar um computador mais lento, uma conexão capenga, um telefone ou celular ruim, um software que não corresponda as expectativas. O custo precisa diminuir mas o investimento no seu negócio não pode parar. É o investimento – de tempo, de boas ferramentas, de estudo –  que vai te levar ao crescimento. Não deixe de se especializar só porque foi trabalhar em casa. O mercado de trabalho é competitivo em qualquer lugar. Se você não se atualizar, nada vai acontecer.

10. Não abrace o mundo

Em uma empresa convencional, as coisas só funcionam porque existem equipes, porque existe a possibilidade de contar com o talento e o conhecimento alheio. Levar esse aprendizado para o home office é a coisa mais enriquecedora que a sua empresa pode herdar. Nem tudo você saberá ou poderá fazer e isso é normal. Ninguém estuda ou se especializa em todas as faculdades existentes no mundo. O home office é uma ótima oportunidade para fazer coisas que antes não eram possíveis devido a uma hierarquia empresarial, mas você jamais conseguirá ser o dono, o sócio, o RH, o financeiro, o marketing, o designer, a recepcionista, o call center, o TI e tudo o que a sua empresa precisa.

Algumas coisas você vai precisar – e deve –  delegar para que tudo dê certo. Mas não esqueça do que foi falado no tópico anterior: invista na especialização. Vai colocar o seu filho, sua esposa, seu sobrinho nos negócios? Primeiro se certifique de que eles não vão confundir relacionamento com trabalho, depois se certifique de que você não vai confundir isso também e depois invista no treinamento deles. Grandes negócios surgem de pequenas ideias mas quando bem desenvolvidas.

Espero que tenham gostado desse primeiro post da coluna Sucesso Digital e na semana que vem eu volto com mais uma dica. Não desista do seu sonho, apenas dê o melhor de si por ele. Aproveite os comentários para compartilhar a sua experiência. Vamos fazer dessa coluna um grande canal colaborativo.

*Imagens: Pinterest

 

 

  • Melhor fazer um tour é ver os rostos felizes de todos os nossos amigos turistas que fazem a passeios com a gente isso és impagável 🇨🇱🇧🇷🏔👏-- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Aquela paciência incrível de tirar fotos!!🙈❤️️🍷🇨🇱 #cajondelmaipo #dicapigmentof #masAmo #mesmoAssim #commuitoamor #Emuito #vinho #risadas #amor #alegria #cajondelmaipo
  • Pra que filtro?!! #muitoAmor #muitoVinho #muitaalegria #chile #cajondelmaipo #dicapigmentof #
  • Beleza de lá cordilheira de Los Andes 🇨🇱🏔👏-- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Parque bicentenário #mestizo #naoGostei #daCara #masNao #tiveOpcao #eraOmarido #enaoOSogro #masAmo #mesmoAssim #chile #santiago #dicapigmentof #viaje #conLaFamilia #familia #alegria #amor #
  • Troca de guarda no Palácio de Lá Moneda 👮🏽💂🏻‍♀️🇨🇱 #chile #santiago #palaciodelamoneda #dicapigmentof #caraDeSemGraça #masNaoTirei #outraFoto #sogroNao #estavaPerto
  • Plaza de armas #chile #santiago #plazadearmas #lookdodia #muitaFoto #surraDeFoto #modelando #seAchany #quirida #dicapigmentof
  • We Make The Diference !!! Fazemos a diferencia !!! Isto é Chile 
Agencia de Turismo
istoechile@hotmail.com
+56982349850 Whatsapp

#embalseelyeso #cajondelmaipo #instatravel #dicapigmentof #istoéchile #adventure#idventuretravel
  • Olha pessoa outros amigos curtindo y ficando muito felices con nuestro trabalho ☃️👏 #lucerotravelchile 🇨🇱🇧🇷 obrigado por lá confiança 💪 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile @e1000iana @cicero__antonio
  • Essa foto representa a paciência de meu marido 😒🙄 #masAmo #mesmoAssim #chile #santiago #cousinomacul #vinicola #lindoDia #familia #amor #dicapigmentof
  • Melhor do que as pessoas que estão felizes com o nosso trabalho👏 #lucerotravelchile 🇨🇱🇧🇷 obrigado por lá confiança 💪 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile @vinicius_santarosa
  • Olha pessoa um Moai 🗿 escultura réplica da Ilha de Páscoa que fica a 3700 quilômetros frente à costa do pacifico -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile