22/09/2016
3
Dicas para Blogueiros

Quero ser blogueiro ou pagar para trabalhar?

Haz clic aquí para leer en Español. | To read in English, click here.

Essa é uma pergunta frequente nos grupos de blogueiros que assim como eu, ainda não conseguiram fazer de seus conteúdos uma profissão. Quando digo profissão me refiro a algo mais que reconhecimento, me refiro a segurança de poder trabalhar apenas com isso e ter além de contas pagas, a chance de fazer planos.

blogueira1

Como já comentei em outros posts da coluna Sucesso Digital, ser blogueiro ou youtuber de forma profissional já foi mais fácil. Quando tudo começou há uns 10 anos atrás, os primeiros no mercado eram novidade não só aos olhos do seguidor mas dos anunciantes. Quem fez seu nome naquela época está um pouco mais tranquilo do que quem começou depois.

Não estou dizendo com isso que quem conseguiu fazer do blog ou canal um trabalho não tenha se esforçado e muito menos que não tenha que continuar se esforçando. Também não estou dizendo que quem veio depois não tem chances. O mundo é das grandes ideias e talentos independente da era, no entanto, mercados de trabalho ficam saturados independente disso, anunciantes ficam mais exigentes, o público fica mais seletivo e em qualquer profissão, a forma como se movimenta o cenário em que você está inserido influencia diretamente no sucesso ou na estagnação do seu trabalho. Quer ver?

Com o tempo, a blogueira de maquiagem do momento foi dividindo o espaço com milhares de outras que passaram a gravar tutoriais e fazer resenhas de produtos.

De repente, o gamer que fazia reviews em vídeos e concentrava no seu canal boa parte da audiência, passou a disputar a atenção do seguidor com outros gamers, inclusive com aplicativos de celular.

Do nada muita gente descobriu que é possível viajar o mundo e escrever sobre ele.

Aí vieram as redes sociais e seu grande poder de difundir ainda mais o trabalho de cada criador de conteúdo e com o passar dos anos, as próprias redes sociais tiveram que encontrar uma maneira de tirar proveito disso e o fizeram limitando o quanto cada seguidor tem acesso aos conteúdos de quem segue. Dessa forma os criadores de conteúdo se viram obrigados a pagar para as redes sociais a fim de obter maior visibilidade, o que nem sempre é a melhor alternativa.

Com o tempo as pessoas passaram a ler menos e a só ver vídeos, o que fez muita gente talentosa com palavras e sem habilidade com as câmeras arriscar a vida no Youtube.

E aí chegou o momento em que por enjoar da televisão e por influência das redes sociais e da praticidade do Netflix, os youtubers se viram na necessidade de inovar nos cenários, nos conteúdos, na duração dos vídeos, na frequência de publicação. O que antes se mantinha de pé e pagava as contas com a informalidade, virou privilégio de poucos. A maioria precisou incorporar a estratégia da TV para se manter. Que ironia!

E como se não bastasse, o “tirar vantagem” foi substituído pela palavra “permuta”. Pagar por um post ou por um vídeo ficou cada vez mais raro em um mundo que transformou pessoas comuns em celebridades, onde seu nome ou imagem dão muito mais lucro que um post ou vídeo, então, para estes profissionais, voltar a escrever ou aparecer com a mesma frequência no Youtube precisa valer muito a pena, do contrário, publicam quando possuem humor para isso.

Se por um lado ver tantos colegas de profissão traçando um caminho maravilhoso de estabilidade financeira dá um baita orgulho, por outro lado esta ascenção vai ficando cada vez menos disponível a todos. Inclusive esta enorme valorização fez as empresas desvalorizarem muitos blogs e canais relevantes.

Trabalho com publicidade e marketing, faço parte do time que procura bons canais de comunicação para anunciar uma marca e quase sempre o briefing é: “procure um blog ou canal relevante que aceite troca de divulgação ou outro tipo de permuta. Se for para pagar, economizemos para estar num blog/canal top, ou seja, com zilhões de seguidores.” E o resultado disso a gente já conhece: os grandes ficam ainda maiores e os que poderiam ser grandes só possuem duas opções: aceitar a tal visibilidade que quase sempre implica trabalhar de graça por um resultado que muitas vezes não é bilateral ou dizer não e continuar trabalhando pelo seu espaço.

blogueira2

Por que eu estou contando tudo isso?

Porque num mundo em que a geração mais nova tem pensado em deixar de fazer uma universidade para viver de conteúdo, num mundo em que países enfrentam uma crise financeira e fazer posts ou vídeos de qualquer lugar parece ser um caminho, faz falta um “cadinho” de transparência, faz falta mostrar o outro lado da moeda.

Porque numa época em que seguidores dizem aos seus blogueiros que o tempo passou e eles não evoluíram ao não se associarem a determinadas marcas ou em não mudarem um pouco seus conteúdos, faz falta dizer que nem todo mundo que está na web teve as mesmas oportunidades. Que criar conteúdos de qualidade exige uma grana e que levar o “cargo” de blogueiro não significa que se tem patrocínio para tudo. Aliás, está aí uma coisa que você precisa lembrar se quiser ser blogueiro: muito do que você assiste ou lê hoje foi pago por alguém que possibilitou a qualidade daquela publicação. Isso não desmerece o conteúdo mas faz você entender que não ter quem te patrocine muitas vezes vai limitar o poder de atração do que você publica.

Resolvi falar disso para que você não desista do sonho de viver do seu trabalho digital mas ao mesmo tempo para te mostrar a realidade que muito perfil de Instagram esconde ou que já não vive mais. Vim te incentivar a blogar ou fazer vídeos por amor e enquanto isso se dedicar com tudo à sua profissão e à sua aposentadoria porque o tempo passa muito rápido e sonhos não pagam contas. Vim te incentivar a não trocar o seu talento por uma “base de maquiagem” porque quanto menos você valorizar o seu trabalho, mais vai demorar a viver dele. Vim te incentivar a aproveitar as oportunidades mas só aquelas que realmente valem a pena.

E por fim, vim confirmar ao leitor que não existe blogueiro ou youtuber deuso, existem pessoas normais, como você, como EU. Vim confirmar que eu quero continuar sendo blogueira mas sem pagar para trabalhar, sem fazer o que não está ao meu alcance mas fazendo com toda a dedicação o que sei que posso fazer e por alguns motivos: porque toda dedicação traz resultados, porque chegando a viver ou não desse trabalho ele me faz feliz e porque você que me acompanha merece, afinal, se eu não tivesse a certeza da sua presença aí do outro lado, nada disso faria sentido.

 

24/05/2016
4
Dicas para Blogueiros

Porque talvez você nunca chegará a “viver do blog”

Haz clic aquí para leer en Español. | To read in English, click here.

Trabalho com blogs há muitos anos. Tive a benção de trabalhar na minha área (publicidade) desde a faculdade, então  se você considerar que já estou na casa dos 30 há um tempo, vai ver que já tem uns bons anos que lido com marketing digital, desde quando o universo dos blogs era algo bem novo.

Por ser publicitária eu peguei aquele começo em que as marcas começaram a olhar para os blogs como mídia, então antes de ter o meu próprio blog eu já avaliava blogs para meus clientes anunciarem. Em pouco tempo as marcas foram substituindo celebridades por rostos de blogueiras em suas campanhas, anúncios de revistas por publieditoriais, comerciais de tv por vídeos no canal de algum Youtuber, spots em rádios por banners na home de um site.

viver de blog 1

Ver que um hobby se tornou a profissão de muita gente acabou trazendo para a internet pessoas que nunca haviam pensado em viver de conteúdo e como em todas as áreas que se destacam, em pouco tempo aumentou a concorrência e diminuíram as chances de ter um espaço realmente diferenciado no www.

Conteúdo virou commodity. Não foram apenas os blogueiros que encontraram nos textos uma forma de contar boas histórias ou de atingir um público de uma forma diferente. Aos poucos o marketing foi ensinando que um vendedor de ferramentas deveria investir em conteúdos interessantes através de uma página atraente no Facebook, de uma boa foto no Instagram, de um texto chamativo no Twitter, de um vídeo inusitado no Youtube e até através de um espaço no site das tais ferramentas para os clientes deixarem suas resenhas, digo, opiniões. Ou seja, o mercado saturou e o blogueiro passou a concorrer não apenas com colegas de profissão mas com todo mundo que entendeu o que é comunicação.

Fora esse contexto, se você analisar os blogueiros que com muito esforço e talento chegaram aonde chegaram, vai perceber que a maioria já não escreve mais em seus blogs. E isso não é uma crítica, é apenas a constatação de que o que realmente paga a conta desses profissionais não é um publieditorial, nem um vídeo no Youtube, nem uma peça publicitária no site mas sim o fato de terem se tornado uma personalidade, um Digital Influencer, uma celebridade se preferir chamar assim, alguém em que o carisma, a popularidade e a imagem valem mais para uma marca do que um conteúdo no blog.

Em outras palavras, fica cada dia mais difícil viver de blog  porque no mundo dos negócios traz mais retorno quem pode oferecer muito mais visibilidade. Uma marca vai pagar muito a quem pode dar um retorno 3, 6, mil vezes maior e vai oferecer nada ou quase nada para iniciantes (troca de links, um texto que ele já tem pronto para você publicar no seu blog, mas dinheiro mesmo…). Não é balde de água fria, é realidade comercial.

Por que resolvi falar disso hoje na coluna Sucesso Digital?

Porque eu recebo muitos emails de gente querida que acompanha meu blog e que se interessa pelas curiosidades do meu outro trabalho que é o marketing digital, que estão começando um blog e que se sentem motivadas a fazer disso uma profissão, inspiradas por blogueiros que elas viram chegar ao sucesso, afinal, se uma receita deu certo porque não pode continuar dando certo, não é?

Sim, a receita do bolo pode continuar dando certo mas o resultado será o mesmo bolo e ter mais um não gera diferencial. É preciso incrementar a receita para fazer com que haja interesse por parte dos potenciais clientes em sair do clássico que gera resultados para um sabor novo, e isso não é algo simples. As exigências aumentaram, o mercado inflou e é preciso ter consciência disso. Seu conteúdo, suas fotos, sua imagem, seu texto precisa ser superior ao que já se vê por aí e isso exige investimento, conhecimento, dedicação e não sorte. Pode ser que você crie um blog e daqui um tempo seja a próxima Camila Coelho ou Thássia Naves – poderia citar muitos outros profissionais que merecidamente conquistaram esse espaço – mas até lá vai precisar de um plano B, de algo que não seja mais do mesmo, de estudo, de bons cursos para se diferenciar no meio e de um emprego para fazer tudo isso acontecer.

Enquanto isso, faça o que eu disse neste post aqui: use seu blog como um currículo que abrirá portas que você jamais imaginou dentro da profissão que você já tem e crie um blog por amar compartilhar aprendizados porque propostas de trabalho envolvendo conteúdo digital tendem a ser mais raras para quem ainda não chegou num patamar realmente rentável para uma marca.

Existe a Gisele Bundchen e também existem outras milhares de modelos que fazem um grande trabalho hoje e passam meses pensando em como vão pagar as contas. Existe a Fernanda Montenegro e existe um monte de artista talentoso animando festa infantil porque é difícil ser chamado e aprovado num teste desafiante. Não entre para a blogosfera sem lembrar disso.

 

  • Beleza de lá cordilheira de Los Andes 🇨🇱🏔👏-- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Parque bicentenário #mestizo #naoGostei #daCara #masNao #tiveOpcao #eraOmarido #enaoOSogro #masAmo #mesmoAssim #chile #santiago #dicapigmentof #viaje #conLaFamilia #familia #alegria #amor #
  • Troca de guarda no Palácio de Lá Moneda 👮🏽💂🏻‍♀️🇨🇱 #chile #santiago #palaciodelamoneda #dicapigmentof #caraDeSemGraça #masNaoTirei #outraFoto #sogroNao #estavaPerto
  • Plaza de armas #chile #santiago #plazadearmas #lookdodia #muitaFoto #surraDeFoto #modelando #seAchany #quirida #dicapigmentof
  • We Make The Diference !!! Fazemos a diferencia !!! Isto é Chile 
Agencia de Turismo
istoechile@hotmail.com
+56982349850 Whatsapp

#embalseelyeso #cajondelmaipo #instatravel #dicapigmentof #istoéchile #adventure#idventuretravel
  • Olha pessoa outros amigos curtindo y ficando muito felices con nuestro trabalho ☃️👏 #lucerotravelchile 🇨🇱🇧🇷 obrigado por lá confiança 💪 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile @e1000iana @cicero__antonio
  • Essa foto representa a paciência de meu marido 😒🙄 #masAmo #mesmoAssim #chile #santiago #cousinomacul #vinicola #lindoDia #familia #amor #dicapigmentof
  • Melhor do que as pessoas que estão felizes com o nosso trabalho👏 #lucerotravelchile 🇨🇱🇧🇷 obrigado por lá confiança 💪 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile @vinicius_santarosa
  • Olha pessoa um Moai 🗿 escultura réplica da Ilha de Páscoa que fica a 3700 quilômetros frente à costa do pacifico -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Olha Pessoa bicho 😱 una chama 👏 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Olha pessoa leões-marinhos desfrutando as ondas do Pacífico🐋🌊🗿🌅🇨🇱🇧🇷 -- Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile
  • Olha pessoa lembrando copa América que aconteció en Chile junto a nuestros amigos brasileros junto a Motorista Nicolas 👏👏🇨🇱🇧🇷 Para todas as perguntas apenas escreve-nos WhatsApp 📲 +56 9 67101706
-
#southamerica #bonitodemais #chile #trip #travel  #viagemincrível #viagem #chilelindo  #viagempersonalizada #feriasnochile #vallenevado #feriasnochile #dicapigmentof #santiagodechile #dicasdochile #conchaytoro #cajondelmaipo #santiago #turismochile #tripadvisor #travelgram #snow #embalseelyeso #cajondelmaipo #pigmentof @likechile